quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Ela não pode continuar

A frase título do post, exprime o sentimento do Funcionalismo Público do Rio Grande do Sul, com a linha política adotada pela Governadora Yeda Crussius. Os sindicatos organizaram uma ampla campanha de esclarecimento sobre o que vem ocorrendo na Província de São Pedro nos últimos anos.

O grande mote desse governo, é a redução, ou suposta eliminação do histórico déficit das contas do Estado. O governo Yeda vem pondo em prática políticas de arroxo salarial, sucatamento dos serviços essenciais, cortes substanciais de verbas para as áreas de saúde, educação e até mesmo da segurança pública, cuja melhoria era uma de suas principais bandeiras de campanha.
A Sociedade Civil e o Funcionalismo do Estado tem enfrentado a truculência e o autoritarismo de um governo que responde a manifestações com cacetetes, bombas, balas, cavalos e outras formas "democráticas de diálogo".
Um governo imerso nos mais variados escândalos de corrupção, alvo de várias CPIs, mesmo tendo maioria na Assembléia Legislativa, motivo pelo qual não sofreu mais investigações, ou não encontrou seu termo.

Esse blog se solidariza com a luta do funcionalismo do Rio Grande do Sul, e como forma de ilustrar o que está sendo apresentado, nos outdoors, nas camisetas, nos adesivos, corações e mentes dos gaúchos, expõe algumas cenas, vividas nesse Estado, durante esse governo. Cenas que comprovam a veracidade e a procedência desse movimento.
Cenas do "Novo jeito de governar":

Um comentário:

Caras Pintadas RS disse...

Dia 26, vamos gritar bem alto...
ELLA NÃO PODE CONTINUAR.
Por favor ajudem a divulgar o ato e o blog.
http://caraspintadasrs.blogspot.com/