sábado, 23 de outubro de 2010

O caso da "bolinha de papel" ganha o mundo. Só a Globo sustenta agressão.

O papelão de José Serra, que de acordo com vários relatos e imagens, passou a sentir o "poderoso impacto" de uma bolinha de papel, após telefonema misterioso (seria o "guru indiano", especialista em baixarias, http://lc4.in/N37Dr).
Uma das tantas tentativas de colar imagens negativas (violência) na candidata do PT, Dilma Roussef, ao mesmo tempo em que criam um mais um factóide, desviando a campanha da política, como feito no primeiro turno com a questão do aborto e a acesso de cristianismo tucano.
O caso da "bolinha de papel", ou do objeto de 2 quilos, que tornou-se um rolo de "durex" (com 50 gramas) ganhou repercussão mundial.
O jornal francês Le Monde, destaca que Serra tentou mostrar ao País que foi agredido, enquanto as imagens mostravam que ele foi atingido por uma bolinha de papel. Comenta a repercussão do fato nas redes sociais, com destaque para a tag do Twitter #Serrarojas, que comparava o simulacro de Serra com o do gleiro Rojas, da seleção chilena, que fingiu ser atingido por um rojão para paralisar uma partida contra o Brasil.
No argentino Clarìn não foi diferente: La Picardia que a Serra le salío mal. Fingió un golpe en la cabeza. Pero la tv mostró que solo le pegó un bollito de papel. Ressalta a repulsa do Presidente Lula ao ato, que seria uma construção do marketing tucano.
Só a Globo defende uma agressão. Ela que perdeu a exclusividade da transmissão do Brasileirão (finalmente poderemos deixar de ter jogos em horários de boate por causa das novelas), precisa desesperadamente de alguém que a trate tão bem, financeira e patrimonialmente como José Serra na presidência.
O vídeo mostrado pela Globo, mostrando um "ovni" atingindo Serra, o "especialista" convocado para provar que o que não pode ser visto está lá e os sete minutos de factóide serviram para dar sobrevida a um candidato que apostou sua possibilidade de eleição em uma bolinha de papel.
Veja, abaixo, as contradições da vídeo montagem, que, se não foi elaborada pela Globo, sabemos que foi exibida:


Não é a toa que a tag #globomente está em segundo lugar nos TTs mundiais do Twitter.

Um comentário:

otário disse...

E o sujeito faz tudo pra parecer com o Sr. Burns, mesmo. Ser atingido por uma bolinha de papel e ter uma queda é típico do personagem.